15.6 C
Franca
maio 29, 2024
AgriculturaNotícias

Mercado estuda criação de seguro para pescados, leite e arroz

Em reunião em São Paulo, foi discutido aperfeiçoar e criar produtos de seguros rurais com coberturas para os principais riscos dessas atividades

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) intermediou reunião realizada nesta quinta-feira (28), em São Paulo, entre resseguradoras e companhias seguradoras com os setores de pesca e aquicultura, pecuária de leite e arroz.

O objetivo do encontro, de acordo com o diretor de Gestão de Risco do Mapa, Pedro Loyola, “foi aproximar os produtores das seguradoras visando aperfeiçoar e criar produtos de seguros rurais com coberturas para os principais riscos dessas atividades”.

O secretário de Aquicultura e Pesca do Mapa, Jorge Seif, falou da importância da criação de seguro para a atividade da pesca. “O potencial produtivo do setor precisa de suporte, infraestrutura e serviços. Os seguros são fundamentais para segurança dessa cadeia produtiva que, mais do que nunca, está em franca expansão. Essa aproximação com as seguradoras é importante para levar as demandas do setor, que só tem a crescer em um país de águas como o Brasil”.

Para Joaquim Cesar Neto, presidente da Comissão de Seguro Rural da Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenseg), “as seguradoras que atuam no seguro rural, principalmente, no agrícola, pecuário, florestal e aquícola têm apoiado o Programa de Subvenção ao Seguro Rural (PSR/Mapa), que tem sido o grande motivador de crescimento desse segmento. E é muito importante manter esse diálogo com o setor para identificar necessidades e melhorias a serem desenvolvidas, de forma a atendermos plenamente o agronegócio brasileiro”.

Participaram da reunião nove seguradoras e quatro resseguradoras, o secretário de Pesca e Aquicultura, Jorge Seif Jr, além do diretor de Gestão de Riscos, Pedro Loyola e o coordenador-geral de Seguro Rural do Mapa, Diego Almeida. Representou a Federarroz, Alexandre Velho e o setor de pecuária de leite, Thiago Rodrigues, técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Fonte: Ines De Podesta

Related posts

Live nesta quarta (09/09) discutirá produção de café

Fabrício Guimarães

PRODUÇÃO DE CAFÉ DO BRASIL DEVE RECUAR 15% NA NOVA SAFRA, DIZ RABOBANK

Fabrício Guimarães

Alta nos preços e exportação firme para o suíno

Deixe um comentário

Usamos cookies para melhorar sua experiência no site. Aceitar Leia Mais