27.3 C
Franca
junho 20, 2024
AgriculturaEventos

Cavalhadas da Franca realiza eleição da nova diretoria

Cavalhadas da Franca realizou neste domingo (14) a Assembleia Geral Ordinária, a reunião aconteceu na Fazenda São Gabriel no município de Restinga, na ocasião foi realizado a eleição da nova Diretoria. Os novos dirigentes do Clube das Cavalhadas da Franca ficaram a frente da entidade, pelo triênio de 2019/2021.

A nova Diretoria ficou composta assim:

Diretor Presidente – Marcus Vinício Cardoso Palermo Falleiros

Diretor Administrativo – Pedro Cintra Lemos de Oliveira

Diretor Financeiro – João Gabriel Robin Ponce

Diretor de Patrimônio – Gabriel Garcia Murari

Diretor Social – Gabriel Leite de Freitas

Também foram eleitos os novos membros do conselho Fiscal e Conselho Administrativo.

Cavalhadas da Franca

Uma tradição que une história, folclore, fé, esporte e muita paixão. Uma apresentação que retrata as batalhas medievais da Europa. Um teatro sobre cavalos, com quase 200 anos de história, que narra as lutas entre mouros e cristãos. Todo esse conjunto faz das Cavalhadas da Franca uma tradição que encanta e emociona a cada edição.

Para entender a chegada dessas apresentações ao país, é preciso voltar no período do Brasil Colônia. As Cavalhadas, instituídas pela Rainha Santa Isabel, foram trazidas pelos portugueses e recontam a história das batalhas travadas entre cristãos e mouros, povos de religião islâmica que tentavam invadir a Europa Central. As lutas ocorreram no Sul da França e Norte da Espanha, especialmente nos séculos VIII e IX.

Pelos registros históricos, as Cavalhadas foram encenadas em Franca pela primeira vez em 1831. São quase dois séculos de história e uma tradição passada de pais para filhos, de avós para netos, de mães para filhas.

No Brasil, as Cavalhadas sofreram algumas reinterpretações. A versão francana é inspirada no poema “A Canção de Rolando”, que conta a história dos Doze Pares da França, uma referência aos cavaleiros da elite do exército de Carlos Magno (rei cristão).

Na batalha, os cristãos vencem os mouros. A luta tem fim quando a princesa Floripes, filha única do Sultão de Constantinopla (rei mouro), após ser roubada por um soldado cristão em seu castelo, se converte ao cristianismo e convence seu pai a fazer o mesmo, salvando, assim, seu povo da guerra.

 APRESENTAÇÕES

 As Cavalhadas da Franca são patrimônio histórico tombado desde 1996 (Lei Complementar nº 09, de 26 de novembro) e fazem parte do calendário oficial de eventos do município. Inicialmente, elas eram encenadas durante a Festa do Divino, mas com a extinção deste evento, passaram a ser apresentadas sempre em agosto, mês do Folclore.

A abertura do espetáculo é no sábado à noite, às 20 horas, com a Cerimônia dos Encamisados, e o encerramento ocorre no domingo, às 14 horas, com as corridas e competições entre os cavaleiros.

Os folguedos são encenados no gramado do Parque “Fernando Costa”, mas as Cavalhadas já foram corridas em outros locais. Segundo registros históricos, aconteciam no Largo das Cavalhadas, onde hoje está construída a Escola Estadual “Torquato Caleiro”, próximo à Avenida Major Nicácio. Também já ocorreram nos campos do Palmeirinhas Futebol Clube, da Francana, do Lanchão e nas ruas do Centro, em frente à Igreja Matriz (Catedral).

Em 2019, o espetáculo será nos dias 3 e 4 de agosto. Você é nosso convidado para prestigiar esse momento de resgate cultural, da história e da memória. A entrada é gratuita.

Saiba mais sobre as Cavalhadas da Franca em nosso Facebook e Instagram. Venha!

Por Fabrício Guimarães

 

Related posts

Frutificação em tronco de cafeeiros

Fabrício Guimarães

Brasil tem uma situação diferente da maioria dos produtores

Fabrício Guimarães

MELÃO: PREÇO DO ORANGE DISPARA NA CEAGESP

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário

Usamos cookies para melhorar sua experiência no site. Aceitar Leia Mais