23.4 C
Franca
fevereiro 23, 2024
Pecuária

Preço médio do suíno vivo absorve quedas

Pouca valorização nos negócios entre os suinocultores

Por: AGROLINK –Seane Lennon

Após o período inicial do mês, tradicionalmente marcado pelo aumento da movimentação no mercado varejista, observou-se pouca valorização nos negócios entre os suinocultores durante as negociações do suíno vivo, não alcançando o patamar de R$100,00 como preço máximo.

De acordo com informações do Suisite, no primeiro dia de fechamento da segunda quinzena, o preço médio diário ficou em R$99,45. No entanto, os suinocultores enfrentaram quedas significativas, absorvendo uma redução de 1,8% em comparação com o mesmo dia do mês anterior e de 6,8% em relação ao mesmo dia do ano anterior.

Ao longo de novembro até o momento, o preço médio recebido atingiu R$98,43, representando uma queda de 0,9% em relação ao mesmo período do mês passado e de 9,6% se comparado ao mesmo período do ano anterior.

No acumulado do ano, o preço médio atingiu R$ 100,70, mostrando um aumento de 3,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, porém uma queda de 3,7% se comparado ao mesmo intervalo do ano retrasado. Contudo, considerando que o preço médio diário se mantém abaixo dos valores praticados nos anos anteriores, é provável que os índices coletados no acumulado do ano continuem a declinar até o final deste período.

Related posts

Boi: atraso na engorda mantém tendência de alta e arroba sobe até R$ 1

Fabrício Guimarães

Mangalarga marchador: pesquisa inédita analisa importância de selas personalizadas

Fabrício Guimarães

Projeto da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil pode melhorar remuneração dos pecuaristas

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário

Usamos cookies para melhorar sua experiência no site. Aceitar Leia Mais