17.9 C
Franca
maio 22, 2024
Agricultura

NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER, SEMEADORAS DO AGRO CELEBRAM UM ANO DE TRABALHO COM EVENTO “SEMEAR É PENSAR NO FUTURO”

09 de março, 2023 – por FAESP

A Comissão da FAESP reuniu produtoras rurais e destacou as emoções e conquistas ao longo desse primeiro ano de trabalhos das Semeadoras junto à rede sindical

A Comissão Semeadoras do Agro completa hoje um ano de existência. Para celebrar o primeiro aniversário e também o Dia Internacional da Mulher, realizou na manhã desta quarta-feira (08) o evento “Semear é pensar no Futuro” na sede da FAESP, reunindo as mulheres presidentes de sindicatos rurais integrantes da Comissão. Participaram também as colaboradoras do Sistema FAESP/SENAR-SP e outros convidados, como técnicos do SENAR-SP e do Sebrae-SP – as mulheres coordenadoras de sindicatos rurais participaram de modo online.

A cerimônia teve início no térreo da FAESP com um café da manhã, que foi abrilhantado pela apresentação da violeira Suellem Nascimento, de Capão Bonito, que cantou músicas do “sertanejo raiz” – ela foi aluna do Programa Viola Caipira do SENAR-SP. Em seguida, no auditório, o vice-presidente da Federação, Tirso Meirelles, recepcionou as convidadas em nome do presidente Fábio de Salles Meirelles e da presidente de honra da Comissão Semeadoras do Agro, Ivelle de Lacerda Meirelles. Ao discursar aos presentes, Tirso destacou a importância da atuação das mulheres nos sindicatos rurais e da Comissão Semeadoras na transformação das vidas de inúmeras produtoras e trabalhadoras do campo. “O papel que vocês estão fazendo é maravilhoso, levando informação e empoderamento às mulheres que participam cada vez mais ativamente de todas as áreas do agronegócio. O exemplo de vocês vai repercutir no futuro”, afirmou.

O superintendente do SENAR-SP, Mario Antônio Biral, apontou a mudança de cultura pela qual a sociedade passou, tirando da mulher a característica de ter de cuidar apenas das coisas da casa. “A participação da mulher cresceu, hoje ela é parte integrante da gestão de uma produção rural. São também responsáveis pelo destino do nosso país”, reiterou.

Dando continuidade à programação do evento, a jornalista Millena Machado (apresentadora dos programas Jornal do Empreendedor 3ª edição e Você Quer Empreender?) apresentou a palestra “Mulheres Criativas em um Mundo em Transformação”, relatando histórias reais de mulheres de grande relevância para diversos setores da sociedade e sua influência na indústria, nas comunicações, nas ciências e tecnologia, e que servem como exemplos inspiradores para mulheres de todas as épocas.

Adriana Menezes (presidente da Comissão das Semeadoras do Agro, diretora da FAESP e Presidente do Sindicato Rural de Itu) e Juliana Farah (vice-presidente da Comissão Semeadoras do Agro e Presidente do Sindicato Rural de Mineiros do Tietê) falaram sobre as emoções e as conquistas ao longo desse primeiro ano de trabalhos das Semeadoras. “Parece que foi ontem que começamos a nos reunir para as primeiras palestras, e em pouco tempo alcançamos 2.500 mulheres diretamente, nos 26 municípios que visitamos no ano passado”, disse Adriana Menezes. Juliana Farah completou dizendo sobre o papel das Semeadoras do Agro em levar autoestima para as mulheres da cidades que visitam. “Se nós não estivermos com nossa autoestima elevada, não teremos ânimo para nada. Temos exemplos de várias mulheres que começaram a empreender devido aos trabalhos dos sindicatos rurais. E a nossa Comissão foi a primeira do Brasil a fazer esse trabalho com as mulheres que estão na ponta da produção do meio rural”, afirmou.

Houve ainda uma homenagem especial à produtora Sueli Aparecida Modesto Cuba, do município de Presidente Prudente, representando todas as mulheres empreendedoras rurais. Após participar de 44 cursos do SENAR-SP, um deles acabou mudando totalmente sua trajetória de vida, o curso de Turismo Rural. Com o conhecimento que adquiriu, ela criou o espaço “Aldeia”, aberto ao público para convivência com a natureza ao ar livre e animais do campo, dentre outras atividades. “Eu transformei a minha vida, hoje sou hoje microempresária e também dou assistência a outras mulheres do campo. Avalio que tipo de produto ela tem e como pode se desenvolver seu negócio, para aumentar seus ganhos”, comentou. “Toda mulher tem valor dentro de si e precisa explorar isso. A mulher do campo é muito sábia”, completou.

Estiveram presentes também à celebração a secretária estadual de Políticas para Mulheres de São Paulo, Sonaira Fernandes; a fundadora do Movimento de Mulheres Municipalistas e da Confederação Nacional dos Municípios, Dalva Christofoletti; Reinaldo Correa, diretor de Administração e Finanças do Sebrae-SP; a assessora de Quilombos do Itesp, Andrea João; Lilian Schiavo, presidente da OBME – Organização Brasileira de Mulheres Empresárias e arquitetas; o vice-prefeito de Caiuá, Adenildo Tavares Pinheiro.

Galeria

Related posts

CIDADE DO INTERIOR DE SP, TRABALHA NO COMBATE AO GREENING

Fabrício Guimarães

Com projeto de irrigação, cafeicultor aumenta produtividade em 28%

Fabrício Guimarães

Exportação de açúcar supera 4 mi t em novembro, maior patamar do ano.

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário

Usamos cookies para melhorar sua experiência no site. Aceitar Leia Mais