14.2 C
Franca
julho 19, 2024
AgriculturaAgroindustria

Procafé: Viveiro de mudas de café a pleno sol

As mudas de café são, usualmente, formadas em viveiros sob meia sombra. No entanto, elas também podem ser conduzidas, com cuidados, sem sombra, a pleno sol.

A sombra nas mudas tem a finalidade de tornar o ambiente mais favorável ao crescimento delas, já que, quando as plantas de café estão novas, com folhas totalmente expostas, a fotossíntese é maior com menor luminosidade. Por isso que se utiliza a cobertura superior do viveiro, com uso de sombrite, palhas de coqueiro, bambus etc.

A formação de mudas a pleno sol tem a vantagem de economia em toda a estrutura do viveiro, esteios, travessas, arame, material de sustentação e de cobertura. Além disso, as mudas, assim formadas, ficam com caule mais grosso e mais ambientadas, com melhor pegamento e desenvolvimento inicial no campo.

Nas propriedades, onde as mudas são formadas em menor quantidade, e, mesmo, em viveiros comerciais, é viável formar mudas a pleno sol.  Os cuidados, a serem adotados, são – 1) Não formar mudas em período de inverno onde ocorrem geadas, pois elas, sem cobertura, ficarão mais sujeitas à queima. 2) Prover bom sistema de irrigação, se possível com micro-aspersão. 3) Retirar a cobertura, de capim ou sacaria, colocada sobre os canteiros, logo que as sementes iniciarem sua germinação, para evitar queima, pelo sol, nos joelhos das mudinhas. 4) Adubar com nitrogênio desde o surgimento da orelha de onça, pois a enzima nitrato-redutase, que promove o aproveitamento do N, é menos ativa com maior luminosidade.

Como se pode ver, com a adoção de cuidados, fica mais simples e econômico produzir mudas de café a pleno sol, sem falar na sua melhor qualidade. Destaca-se, nesse aspecto qualitativo,  uma  melhor relação sistema radicular/parte aérea, com maior quantidade de raízes nas mudas a pleno sol, em relação às mudas de sombra.

Related posts

Governo de minas anuncia realização do Concurso de Qualidade de Café de 2020

Fabrício Guimarães

Procafé: Condições das lavouras já preocupam muito e mês de setembro será determinante para a safra 23 de café.

Fabrício Guimarães

INFORME AGROMOGIANA: Café arábica tem altas de mais de 150 pts, na tarde desta quarta-feira na Bolsa de Nova York

Fabrício Guimarães

Deixe um comentário

Usamos cookies para melhorar sua experiência no site. Aceitar Leia Mais